terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Cismei de ter uma horta em casa


Sexta-feira eu tive um insight. Eu achei que devia ter uma mini horta em casa, que ia ser lindo colher as verdurinhas pra alguém cozinhar lá em casa, que seria muito mais saudável sem agrotóxicos e que eu ia me divertir cuidando das plantinhas - uma terapia mesmo.

Então que eu fiquei animadíssima com essa ideia na minha cacholinha e fui logo pesquisando o que eu precisaria fazer e o que poderia plantar, enquanto recrutava a tia pitaqueira/engenheira agrônoma para a missão de me ajudar nessa empreitada.

O bom - e diferente de muitos dos insights que eu tenho - é que eu resolvi levar mesmo a história adiante, e a noite já estava combinando quando seria a compra do material, o que iria plantar e quando colocaria a mão na massa terra. Descobri que minha vovis é craque em hortinhas e planta coentro e cebolinha há tempos - não que eu, de fato, não soubesse, mas nunca tinha dado a devida atenção. Mais uma recruta para a missão.

Aí que domingo nós três enfrentamos o Atacadão dos Presentes (nota mental: lembrar de não ter essas ideias perto do natal) e comprei o vasinho, a terra e as ferramentinhas (que fofo).

A tarde de domingo foi bem produtiva, no melhor sentido da palavra. Fiz a minha pequena plantação de coentro. E só coentro mesmo, porque mesmo com toda a empolgação, eu tenho consciência que preciso começar aos pouquinhos e ver a coisa dando certo antes de encher a casa de vasos improdutivos – ou levar todos pra vovis cuidar.

Ansiosa pra ver alguma coisa brotando

E o desafio foi lançado, minha hortinha já está ocupando seu espaço na área de serviço e cuidarei para os meus coentrinhos crescerem fortes e saudáveis.

Tava tão empolgada que fiz todo um passo a passo da preparação da hortinha e, se der certo mesmo, coloco aqui pra ver se mais alguém se anima, ok? Me desejem sorte. =)

5 comentários:

Lela disse...

Eita, eu tenho um kit dessas ferramentinhas, são ótimas para cuidar dos vazos.Boa sorte na horta, e bote sorte nisso kkkk

vera lúcia disse...

Estou torcendo para esse negócio dar certo. kakak Mami

Beolina disse...

Aimmm, eu até tenho vontade de ter uma horta e um jardinzinho na varanda, mas... plantei feijão: morreu. Comprei uma orquídia: morreu. Comprei um girassol: morreu. Comprei suculentas: morreram. Comprei cactus: vivem até hoje. Ou seja, meu sangue sertanejo não sabe cultivar outra coisa a não ser espécies conterrâneas.
Vá mostrando a evolução!

Bliss disse...

Naroca,

planta manjericão e pimenta também!!!

beijos
Carol Andrade

Caleidoscópio disse...

Ah! Quero ver!!!!
E Bea, não se preocupe, minha mãe sofre de uma maldição semelhante. Ela quer porque quer cultivar alguma plantinha por aqui, mas todas se vão ainda mocinhas hahaha

Postar um comentário

Tem lugar melhor pra bater papo do que a cozinha? =)