terça-feira, 12 de outubro de 2010

Simplificaram o sofisticado – Petit Gateau de caneca

Estava eu na minha navegação web gastronômica quando me deparei com uma receita LINDA de petit gateau – aquela sobremesa para dias especiais (pelo menos no meu caso) que consiste numa espécie de bolo quente (que quando partido sai uma caldinha delícia) acompanhado de sorvete e calda de chocolate. A receita é linda, o resultado é delicioso, mas precisava comprar as forminhas para fazer os bolinhos, ok, guardei esta informação, imprimi a receita e segui em frente, quando me deparei com esta no Receitas de Mãe:


Petit Gateau (de caneca)


Ingredientes:

¾ de lata de leite condensado

½ lata de chocolate em pó (meça com a lata de leite condensado)

¾ de caixinha de creme de leite

3 ovos

2 colheres de sopa de farinha de trigo

1 colher de café (bem rasa) de fermento em pó.


Modo de preparo:


Bata todos os ingredientes no liquidificador. Unte as canecas com margarina. Coloque a mistura até a metade da altura das canecas. Leve ao microondas por 3 minutos.

Ou seja, simplificaram ao cubo a receita do petit gateau e mais, todos os ingredientes estavam ali, disponíveis, prontos para serem testados. Resolvi fazer porque, né, imagina só se isso fica bom sendo simples assim?


Dificuldade zero, e olhe que eu usei o MEU “olhômetro”, que não é lá muito confiável, para medir esses ¾ aí da receita. Bati tudo no liquidificador, untei as canecas, coloquei a massa até a metade de uma (fiz uma por vez porque vai que não presta...), programei os 3 minutos e pronto, momentos de ansiedade – minha, de mami e da tia-pitaqueira.

E durante o processo microondístico o bolinho cresceeeeu, ficou quase pra derramar e depois murchou e ficou assim:


Um feinho gostoso


Então... como vocês podem ver, BONITO não é uma coisa que se possa dizer, mas né... microondas, receita simplificada... vamos dar um desconto!

Aí você pergunta: “e esse sorvete, você que fez?” E eu respondo que muito obrigada pela credibilidade (hahahaha) mas essa receita chama-se “sorvete zebrinha” e eu ainda não cheguei nesse nível. Esse foi feito pelas mãos de mami (e tava uma delícia, claro).

“E a caldinha delícia no meio do bolo, cadê?” Pois é... Não rola. Em algum lugar na minha pesquisa eu vi que receita de petit dateau “de verdade” não pode ter fermento que é pra poder ficar o derretido no meio, e essa tem... e ele cresceu bastante. Aí ficou tipo um bolinho de chocolate mesmo, mas com o GOSTO do petit de verdade =P.

“E a calda bonita que enfeita o prato?” Bom... calda de chocolate não é uma coisa que se tenha assim, de bobeira, na geladeira, não é mesmo? Fecha o olho e imagina que rola uma calda aí.

Ahhh, já ia esquecendo: essa foi a receita que gerou mais curiosidade de todo mundo aqui em casa! Apareceram muitas bocas pra provar!!

E eu prometo comprar as forminhas e fazer a receita original!

2 comentários:

Beolina disse...

Vou te mandar um e-mail que e urecebi que tem tooodos os tipos de bolo feito em canecas. Tipo assim: O sonho, né?

Sobre o gato pequeno.. será que presta fazer sem fermento? Não tenho fermento aqui...

Nara disse...

kd o email, não recebi ainda! Adorei isso de bolo no microondas, tão prático! #preguiçosa

Sim, será que presta sem fermento? Não sei... pq é um bolo mesmo né... sei lá, tenta!
=)

Postar um comentário

Tem lugar melhor pra bater papo do que a cozinha? =)