quarta-feira, 6 de outubro de 2010

O retorno do blogueiro pródigo - Nhoque com molho de cenoura

"Pode ir armando o coreto e preparando aquele feijão preto. Eu tô voltando." Pois é, só começando com um trechinho de Chico Buarque para quebrar o clima e desviar a atenção para o fato de eu ter demorado tanto a fazer uma receita. Desde os cansativos biscoitos (que na verdade se tornaram um sucesso), eu estava entregue a outras atividades, e, na cozinha, só fiz degustar os pratos que Nara tem feito e que vocês verão em breve por aqui.

É, minha gente, depois de uns biscoitinhos tão legais quanto aqueles e tantos contratempos que me mativeram longe da cozinha, eu estava até com medo de escolher uma receita chinfrim e ainda errar. O primeiro problema até que resolvemos facilmente, pois descobrimos que há muitas receitas legais espalhadas por aí, seja na internet, ou as tradicionalmente escritas no verso da embalagem de produtos alimentícios, como a que fiz.

O prato é Nhoque com molho de cenoura, que peguei da caixa de Maizena. Resta saber se, depois de tanto tempo longe do fogão, eu perdi ou não a pouca habilidade que havia adiquirido.


Noque com molho de cenoura, ervilha e presuto

Ingredientes:
Massa
- Meio quilo de batatas cortadas em cubos médios
- Uma colher (sopa) de margarina
- Uma xícara de chá de amido de milho (Maizena)

Molho
- Três colheres (sopa) de margarina
- Uma cebola pequena picada
- Dois dentes de alho amassados
- Uma cenoura média ralada no ralo grosso
- Duas colheres (sopa) de amido de milho
- Duas xícaras (chá) de leite
- 100g de presunto ralado
- Uma lata de ervilhas escorridas
- Meia colher (chá) de sal

Para untar: margarina

Modo de preparo:
Massa
1. Cozinhe as batatas em água e sal até ficarem macias. Escorra-as e passe-as ainda quente pelo espremedor. Misture até obter um purê. Deixe amornar.
2. Junte no purê a margarina e o amido de milho e misture com as mãos até obter uma massa lisa e homogênea.
3. Pegue porções de massa e modele cordões, corte-os em pedaçõs com 1,5cm de largura e pressione levemente a superfície com a ponta do dedo.
4. Unte um refratário retangular médio. Reserve.
5. Em uma panela, coloque água e leve ao forno médio até ferver. Coloque os nhoques aos poucos para cozinhar, quando subirem à superfície retire-os com uma escumadeira e coloque no refratário reservado. Reserve.

Molho
6. Em uma panela, aqueça a margarina em fogo médio e refogue a cebola e o alho até dourar. Junte a cenora e refogue por mais três minutos.
7. Dissolva o amido de milho no leite e junte ao refogado, mexendo sempre, até engrossar.
8. Acrescente o presunto, a ervilha e o sal e misture delicadamente.
9. Cubra os nhoques com o molho e sirva em seguida.



Você já notou que a receita, apesar de fácil, é bastante longa e trabalhosa, então imagine para uma pessoa inexperiente e que estava afastado há algum tempo, como no meu caso! Mas é claro que, como nos melhores restaurantes eu contei com "auxiliares de cozinha", porque, caso contrário, o prato demoraria para sair e esfriaria. Assim, Nara e minha mãe ajudaram em partes fundamentais da receita, como cortar os legumes (Já falei aqui que não sou muito habilidoso com uma faca na mão e, como muita sorte me livro de perder meus dedos. Não confio muito na sorte).

Também me atrapalhei (ou me atrapalharam) na ordem das coisas. Comecei pela massa, pulei para as verduras, voltei para o molho, e a receita virou uma salada. Aconselho você a cortar a cebola, o alho, ralar a cenoura, escorrer a ervilha, abrir o pacote de maizena e untar o refratário antes de começar a receita propriamente dita. Não foi o que eu fiz, e isso quase atrasa o prato.

Outros detalhes: ao dissolver a maizena no leite, não precisa deixar o fogo ligado. Foi o que eu fiz, e que transformo o prato em "Papa com molho de cenoura". A única lata de ervilha que tinha aqui também tinha milho verde, o que deixou a receita com um gostinho deste ingrediente intruso. Se você gostar, então tudo bem.

Mas, como toda novela, tudo acabou bem. O jantar do sábado foi Nhoque com molho de cenoura e todo mundo aqui em casa gostou. FIcou tão bom que quem quis repetir, não pôde. A embalagem de Maizena diz "Rendimento: 4 porções", mas eu estava tão apressado e desatento que só vi isso agora, quando estava copiando a receita aqui no blog.

2 comentários:

Nara disse...

Ficou bom, viu??
E nem deu taanto trabalho assim... detalhe que já ficaram pedidos para da próxima vez dobrar a receita! hahaha

Adele Regina Artista disse...

Essa receita é MARAVILHOSA!! Achei que tinha decorado mas... ...nossa memória é falha!! Ai... ... joguei no GOOGLE e vcs apareceram!! Obrigada!!

Postar um comentário

Tem lugar melhor pra bater papo do que a cozinha? =)