domingo, 18 de julho de 2010

Bolo Mesclado - 2 kg de azar

Existe sim. Existe alguma zica sobre o fato de eu estar fazendo receitas para o blog. Esta é a segunda vez que escrevo todo este texto. O primeiro desapareceu misteriosamente quando eu ia publicar. Ou seja, é a segunda demostração de azar na mesma receita. Leia e descubra.

O ingrediente indesejado

Eu sempre acreditei que culinária depende muito de dois ingredientes básicos: sorte e azar. O problema é que não é você que escolhe qual deles vai usar, nem em que medida. E como eu tenho uma forte tendência andar com uma boa porção da segunda opção, o resutado veio ao fazer esse bolo mesclado e, também, ao tentar postar aqui.

O outro texto estava bem maior e mais explicadinho, mas para me livrar logo dessa mazela, vou tentar resumir. Vamos logo para a receita:



Ingredientes:
200 gramas de manteiga
2 xícaras de açúcar
4 ovos
2 xícaras de farinha de trigo com fermento
1 vidro de leite de coco

Modo de preparo:

Bate a manteiga e o açúcar até misturar tudo. Acrescenta os ovos e bate bem até cremar. Acrescenta a farinha e o leite de coco. Coloca numa forma untada e polvilhada reservando um poco da massa para mesclar.

Para mesclar: Em pouco da massa branca, 04 colheres de sopa de achocolatado em pó ou nescau, 03 colheres de sopa de leite. Jogar em cima da massa branca e fazer circulos com um garfo, mesclando as massas. Colocar para assar começando com forno baixo e aumenta gradativamente até que asse.

Mais uma vez Nara estava aqui para conferir meu desempenho na cozinha e dar um apoio quando necessário. E, sinceramente, vendo a receita tão explicadinha assim, eu achei que nem fosse precisar, a gente só ficaria conversando enquanto misturava as coisas. Ah, milimetricamente obediente juntar todos os ingredientes, bater, colocar na forma, pôr no forno e pronto. Fácil e seguro. Depois todo mundo prova, acha uma delícia e me faz vários elogios. Fácil, né? Mas se fosse assim cozinhar não teria graça e talvez nem este blog existisse.

Coloquei todos os ingredientes dentro dos conformes, pus no forno e pronto: meia hora depois lá estava o bolo crescido, robusto e aparentemente bem assado. Era hora de colocar o palito para comprovar a hora de desligar o forno, eis que o ingrediente 'azar' achou de mostrar a que veio (pela primeira vez): no momento em que abria o forno e a grade deslizava em nossa direção com o bolo em cima, acontece o desabamento. O mesclado despenca um andar com grade e tudo, e ainda fica preso na estrutura metálica do fogão.

Operação resgate
A missão agora era outra: salvar o bolo. Sem muito tempo para pensar, desligamos o forno e bolamos o plano em poucos minutos: Nara levantaria a forma usando a colher de pau como uma alavanca e eu - com as mãos enroladas em panos de prato e luvas de cozinha - colocaria o braço naquele pequeno espaço de 250ºC e tiraria o bolo.

Pronto, salvamos. Nenhuma queimadura, nada grave. Conosco, claro. Já com o bolo... o coitado murchou na hora de tanto medo e, depois, quando voltou para o forno, assou mais, porém nunca mais voltou a ser o mesmo bolo mesclado robusto e poderoso. Sim, sim, ele tinha alguns traumas, permaneceu torto e cabisbaixo.

Dos males o menor. Depois de coberto, até que ficou bonitinho e, aqui em casa, quem provou gostou. Vou ser sincero: eu não gostei muito. Achei meio molhado e como se faltasse alguma coisa, não sei se sorte ou mais algum ingrediente. Senti mesmo foi um gostinho de decepção, mas agora é esperar para ver se ele acaba rápido, pois isso é que mostra se o bolo ficou bom ou não.


DETALHE: O título do texto anterior era 'Bolo Mesclado - 200g de azar', mas, visto que fui obrigado a refazer o texto por causa da falta de sorte, fui obrigado a acrescentar mais 1,8kg.

DICA: Antes de usar o forno, certifique-se de que ele não está aquecido e dê uns tapas na grade, pressione para baixo... Faça qualquer coisa para confirmar que ele está seguro e que você não terá vontade de chutá-lo de raiva.

2 comentários:

vera lúcia disse...

Vai uma dica. Marque 45 minutos e não abra o forno antes disso.É o segredo para ele não muchar.
Apesar de tudo o bolo ficou gostoso, pode confiar.

Hugo disse...

Obrigado pela dica, não esqueço mais. Espero que da próxima vez eu não tenha problemas com o forno e consiga fazer um bolinho melhor.

Postar um comentário

Tem lugar melhor pra bater papo do que a cozinha? =)